TV DIGITAL EM BRASÍLIA DF Confira abaixo nossos artigos
TV Digital em Brasília DF TV DIGITAL EM BRASÍLIA DF

A história da TV digital começa na década de 1970 no Japão, quando a NHK (Nippon Hoso Kyokai) e um grupo composto por 100 estações de TV locais, iniciam as pesquisas e o desenvolvimento de uma TV de alta qualidade de imagem, ou HDTV (High Definition TV).

O objetivo da TV Digital seria dar ao espectador mais realismo e proximidade não só com a imagem, mas também com o som, aproximando a imagem da TV com a imagem do cinema, inclusive no formato de tela larga "wide", usado no cinema desde 1951.

A maior dificuldade na TV Digital da época era realizar a transmissão de imagem e som em alta definição na faixa de 6 MHz (largura da faixa no espetro de radiofreqüência reservada para cada canal de TV), devido a necessidade de transmitir ao menos o dobro de linhas de varredura.

Com relação a TV Digital a TV tradicional usa uma resolução máxima de 480 linhas e 640 pontos por linha por quadro.

No processo da TV Digital o importante passo para a transmissão em alta definição foi dado pelo consórcio japonês (Hi-Vision Promotion Association), que em 1987 iniciara o desenvolvimento do projeto que resulta no sistema MUSE (Multiple sub-Nyquist Sampling Encoding), e passa a transmitir experimentalmente programações em HDTV com duração de uma hora por dia.

O sinal para TV Digital tinha uma largura de faixa de mais de 20 MHz no espectro, e era transmitido por um satélite de banda larga. Em 1997, a NHK forma um consórcio intitulado DiBEG (Digital Broadcasting Experts Group) e desenvolve um novo processo de transmissão chamado de "Integrated Services Digital Broadcasting" (ISDB), projetado para suportar até 13 serviços ou emissoras diferentes na faixa de 6 MHz, que além da transmissão para receptores domésticos, permite também transmissão para receptores móveis e telefones celulares, graças a a novas tecnologia de compactação de imagem MPEG2 e de Dolby AC-3 para o som .

Seguindo com a TV Digital em dezembro de 2000, a operação do antigo processo "MUSE" foi substituída pelo padrão totalmente digital terrestre, o ISDB-T (T de Terrestrial -terrestre). Este serviço foi lançado oficialmente em 2003, e já em 2008 havia mais de 14 milhões de aparelhos receptores, representando um terço dos domicílios daquele país.

A TV Digital na Europa em 1986, cientistas envolvidos no "Projeto Eureka" concluem um sistema para TV digital semelhante ao japonês MUSE, batizado de MAC (Multiplexed Analog Components) para transmissão SDTV (Standard Digital TV), e para a alta definição, o HD-MAC com transmissão de um numero maior de pixels.

A TV Digital com esta alternativa européia é considerada o embrião do sistema europeu de HDTV, o DVB (Digital Video Broadcast) que em 1994 passa a usar as novas tecnologias de compactação de som e imagem, o MP3 para áudio e o MPEG-2 para vídeo, que caracteriza o sistema digital europeu que serviu de base para o ISDB-T japones. Inserido ao projeto Eureka, surge na China o (DMB-T) Digital Multimedia Broadcast Terrestrial, pouco difundido. (número do Projeto Eureka - EU14).

Clientes
(61) 3301-7007
falecom@skyantenas.com.br
Rua 24 - Lote 25 - Polo de Modas - Guará II - Brasília/DF

Assistência Técnica TV por Assinatura
TV Digital, VHF e UHF em Brasília DF

Copyright 2010-2015 skyantenas.com.br, All Rights Reserved
 
 
Fechar